• CNT
  • SEST SENAT
  • ITL

Pesquisa CNT de Rodovias




A necessidade de retomada econômica do Brasil nos próximos anos ampliará as demandas por uma maior eficiência na infraestrutura de transporte e, principalmente, reforçará a percepção da necessidade de o País dispor de rodovias com maior nível de qualidade. Nesse contexto, assegurar a recuperação e a expansão da nossa malha rodoviária mostra-se imprescindível para permitir um crescimento social e econômico com bases permanentes.

Depois de atravessar a pior recessão de sua história, o Brasil precisa consolidar o processo de recuperação econômica registrado no segundo semestre de 2017. A expansão dos investimentos em infraestrutura é o caminho mais rápido e seguro para alcançarmos um novo ciclo de desenvolvimento sustentável, com geração de empregos e distribuição de renda para todos os brasileiros.

A superação das barreiras impostas pelas deficiências de infraestrutura de transporte e logística pressupõe a recuperação e a ampliação da malha rodoviária do país, por onde transitam a maioria das pessoas e grande parte da produção nacional.

O esforço de expansão e de melhoria da qualidade das rodovias brasileiras exige informações precisas, planejamento adequado e fortes investimentos em infraestrutura rodoviária. Realizada desde 1995, a Pesquisa CNT de Rodovias – iniciativa conjunta da Confederação Nacional do Transporte (CNT), do Serviço Social do Transporte (SEST) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) – tem sido um instrumento valioso para a tomada de decisões, tanto para os caminhoneiros autônomos e as empresas quanto para investidores e gestores públicos do setor de transporte.

Nesta sua 21ª edição, a Pesquisa CNT de Rodovias expandiu a sua abrangência ao percorrer 105.814 quilômetros de rodovias asfaltadas em todo o país para avaliar a evolução qualitativa da malha rodoviária e indicar necessidades de investimentos na malha à disposição da sociedade.

Os dados aqui organizados, a partir de uma apuração balizada por rigorosos critérios técnicos, permitem uma visão completa e segura das condições das rodovias brasileiras. São informações fundamentais não apenas para auxiliar os transportadores na utilização de rotas mais rápidas, seguras e econômicas, mas também se configuram como um relevante instrumento para a elaboração de políticas públicas voltadas para a melhoria dos sistemas logísticos do país.

Com a entrega da 21ª Pesquisa CNT de Rodovias, os transportadores cumprem, mais uma vez, o seu compromisso de participar ativamente das iniciativas de desenvolvimento e de construção do Brasil, tornando-o mais produtivo, competitivo e eficiente, capaz de ocupar posição soberana entre as nações mais desenvolvidas do mundo.

Clésio Andrade
Presidente da CNT

Saiba mais sobre os transportes

O relatório completo da Pesquisa CNT de Rodovias está disponível em PDF, confira.

Os resultados de cada UF podem ser consultados em PDF. Confira os 27 relatórios.

Aqui você encontra o release e o resumo com gráficos, números e informações relevantes extraídos da edição 2017.

Veja a tabela com o posicionamento das 109 ligações rodoviárias avaliadas nesta última pesquisa.

Dados da edição 2017: extensão pesquisada (km), extensão total por região, pontos críticos, principais variáveis e investimentos.

Veja seleção com as fotos produzidas durante a pesquisa, organizadas por Unidade da Federação. Visualize, compartilhe e salve no seu computador.